Amigo beija-flor

 

beija flor

Tenho despertado um carinho bonito sobre essa ave delicada, silenciosa e pequena.  Eu gosto de me inspirar em pessoas que têm o caráter de Cristo – isto é bom – isto é bíblico. Mas se inspirar nas demais criações de Deus também é enriquecedor. Veja o que diz a bíblia: “… faça perguntas às aves e aos animais, e eles o ensinarão. 8 Peça aos bichos da terra e aos peixes do mar, e eles lhe darão lições. 9 Todas essas criaturas sabem que foi a mão do Deus Eterno que as fez. 10 A vida de todas as criaturas está na mão de Deus; é ele quem mantém todas as pessoas com vida.” (Jó 12:7-10 BLH)

Que eu sou apaixonada por flores, não é mais uma novidade. Na procura por inspirações, lembrei-me do beija-flor que está tão ligado as flores e comecei a pensar a respeito dele.  Lições que aprendi:

1: O beija-flor se alimenta no néctar das flores.

Mediante a isto, podemos perceber que ele retira o que há de melhor na flor pra si. A flor pode ter espinhos, pode está faltando algumas pétalas, quase murcha, mas o beija-flor está lá, retirando o que ela tem de melhor. Quantas vezes em nossas vidas, desistimos de lutar pelos detalhes? Nem sempre as situações são boas, mas acabamos de retirar dela algo de bom por receio do que vemos no momento. Seja como o beija-flor, não deixe que os espinhos de impeçam de tirar uma enriquecedora experiência de determinadas situações na vida.

2: O beija-flor  voa pra trás.

Sim, ele é a única ave que consegue esse privilégio. Aplicando a nossa vida, devemos voar pra trás em certos momentos. Recuar as vezes é preciso. Se retirar é melhor do que ficar e ver pedaços de nós indo-se embora. Vi uma analogia muito bonita que dizia assim: “ás vezes, recuar é fundamental. É como um pintor após terminar sua obra, dá alguns passos para trás para analisar o que acabou de fazer” Recuar em certos momentos diz respeito a sabedoria. Te apresenta uma visão mais ampla e detalhada do que você está fazendo. Não tenha medo de voar pra trás. Retrocesso é insistir em algo que nunca vai pra frente.

3: O BEIJA-FLOR LEVA O PÓLEN DAS FLORES QUE VISITA PARA OUTROS RECANTOS.

Com essa lição, fica claro a importância do compartilhamento.  A empatia transmitida, o altruísmo, o desejo de ajudar ao próximo. O que temos compartilhado com as pessoas? Será que somos egoístas ao ponto de querer apenas pra nós aquilo que é bom. O que temos feito em prol da divulgação do evangelho? Será que a falta de tempo tem nos convencido que ficar em quartos paredes adorando é suficiente? E as almas lá fora? E o ide de Cristo? Seja um semeador de coisas boas, Deus te chamou para mostrar bons frutos.“E a natureza gloriosa do meu Pai se revela quando vocês produzem muitos frutos e assim mostram que são meus discípulos.” (João 15:8 BLH)

 

Por enquanto ficaremos apenas com essas 3 lições, mas há muitas coisas ainda pra se aprender com essa ave que ganhou um cantinho especial no meu coração.

 

Um beijo de fé e uma xícara de café, Alyce

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s