Odeio clichês, mas “que seja como flor”

pexels-photo-110108

Tínhamos um grande quintal. Essa era alegria de uma família que morava numa casa com cinco crianças. Posso expor aqui que tivemos uma boa infância, seja brincando debaixo de um pé de acerola ou correndo de um lado para o outro. Posso listar outras mil coisas que brincamos ali, mas agora pretendo contar sobre o humilde jardim que resolvemos cultivar naquele quintal.

Empolgada com ele por ser uma novidade para mim, eu recolhia toda espécie de flores que eu encontrava na rua. Me lembro de uma flor simples que eu peguei. Mas o que ela tinha de simples, tinha de bonita. Eu mesma a plantei. Dias depois ela não floresceu. Pelo contrário, ela murchou. Eu a peguei sem sua raiz e assim improvável que ela vivesse. Logo após aparentou não possuir mais vida. Não só murchou ou secou, como também escureceu.

No entanto, ainda havia uma pontinha esperança dentro de mim. Eu havia aprendido na escola que ainda que sejam plantadas sem a sua raiz, algumas plantas tem a graça de após um tempo em terra, criar suas próprias raízes. Não perdi a fé. O que me restava era esperar. Aquela pequena flor tinha o seu próprio tempo. Então, por volta de duas semanas, a flor “pegou”. Floresceu muito mais bonita do que da primeira vez. Cresceu. Se fortaleceu para a minha alegria.

Confesso que ela me deu um certo trabalho. Por ser delicada, exigia de mim mais atenção. Todos aqueles que possuem uma flor em casa sabem como elas são amáveis e como também necessitam de cuidados… Hoje, após ser achada por Cristo, eu entendo que sou uma flor cultivada e amada por Ele. Na verdade, eu acredito que não apenas eu, mas toda menina é. E como toda flor, passamos por dificuldades para nos mantermos com vida. São muitas as adversidades que fazem o que nossas pétalas caiam ou que nossas folhas sequem. Podemos sim em alguns momentos aparentar estar sem vida e até murcharmos. Porém, Jesus me fez contemplar minha lembrança sobre aquela delicada flor e me lembrar de como ela renasceu mais bonita.

Você é essa flor, menina! Eu não sei como se encontra as suas pétalas agora, mas eu posso te lembrar de que Cristo cuida de você. Não se engane, você não perdeu a alegria ou até mesmo a vida. Você está se fortalecendo, se renovando e criando raízes em Deus. É isso que a adversidade é para Deus, o momento em que você começa a depender Dele para crescer e enfim florescer.

A graça te basta, pois, o poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza. Assim, floresça menina! Mas floresça em Deus. Ele é a tua terra fértil, o teu jardineiro e o que você  precisa para se desenvolver está Nele.

miliblg

Anúncios

Deixe o Abba cuidar de você

pexels-photo-245520

Coração inquieto, a alma agitada, um turbilhão de pensamentos rondam a sua mente. Ela não consegue dormir, a ansiedade e o desespero querem controlá-la, é uma luta constate e enfadonha. Descansar no Senhor pode ser muito difícil as vezes, o sentimento de impotência que vem sobre nós por não sabermos o que vai acontecer, nem como vai acontecer faz tudo se tornar pior. Era assim que eu me sentia, e é assim que muita gente se sente, a única coisa que acalma o nosso coração ansioso é a oração, lançar sobre o nosso Abba os nossos anseios nos faz sentir melhor. O Senhor tem me ensinado a descansar, confiar, entregar os meus planos a Ele, muito melhor do que ficarmos tentando adivinhar o que vai acontecer, é crer que o nosso Pai tem o controle de tudo e que Ele já sabe do nosso futuro. Por isso descanse, entregue moça, o seu coração fragilizado e inquieto, coloque nas mãos daquEle que sabe o que fazer, não se preocupe se sua mente está uma bagunça, eu te garanto Ele sabe exatamente o lugar de tudo. Permita que o Abba controle os seus sentimentos e a sua vida, Ele não entrará se você não deixar, por isso abra a porta do seu coração e permita que Ele faça morada. Não se envergonhe do que Ele pode encontrar lá, você perceberá que Ele é a pessoa mais doce e gentil que você já conheceu e que te entenderá como ninguém, porque te conhece desde o ventre de tua mãe. Ele ama você, Ele quer cuidar de você, então deixe moça, deixe o Abba cuidar de você.

maria

O dia mau chega pra todos. Não é punição, é oportunidade de crescimento.

text8

Talvez a sua história tenha sido repleta de dor. Uma notícia inesperada. Uma decepção que a tenha deixado amargurada. Solidão, carência, insegurança, medo, complexos, culpa. Talvez, desde a infância, você tenha sofrido com a rejeição de um pai ou de uma mãe. Ou quem sabe, tenha tido um início de paz, mas a morte ou mesmo a ausência voluntária de alguém tão querido, tenha tornado sua vida cinzenta, densa e nublada. A sensação de que todos são felizes, menos você; de que todos vivem a primavera e você está preso à  um inverno rigoroso.

Se até o dia de hoje você só tem recebido más notícias, trago boas novas:  sobre um lugar de descanso, um lugar onde todos os nossos medos são dissipados pela paz que excede todo entendimento. Um lugar onde todas as feridas são curadas por um amor imensurável. E onde toda a raiz de amargura, dor e decepção é transformada irreversivelmente em alegria, festa, e compaixão. Onde mesmo que não haja nenhuma palavra em nossos lábios, onde tudo o que podemos fazer é chorar, somos entendidos e consolados com o mais doce e puro toque… Esse lugar é nos braços do Pai.

É possível viver invernos rigorosos sem que seu coração congele, endureça. Nos braços calorosos do Pai, você não é regida de acordo com as circunstâncias, mas é guiada pela voz do Senhor, enquanto é acalentada pelo seu amor. Incrível como só ele tem o poder de acalmar as nossas guerras, de nos fazer acreditar no que antes era improvável, de nos fazer sorrir quando esperam que a gente chore, e a lutar quando aparentemente a única opção é desistir…

Não pense que você não é amada, ou que há algo errado em você  por estar vivendo uma fase difícil. O dia mau chega pra todos, não é punição, é oportunidade de crescimento. Eu também passei por rigorosos invernos. Também já fui levada ao deserto. Já fui ao fundo do poço. Mas Deus, com seu irresistível amor me atraiu. Me levantou do chão, me tomou em seus braços e me encorajou: “Eu te farei sorrir de novo…” Eu só precisei acreditar e me entregar. Deixei que Ele me carregasse… Então, no alto dos seus ombros Ele me manteve aquecida, sarou as minhas feridas e me deu forças para esperar por sua primavera.

Essa mensagem é pra você, que com suas próprias forças tenta sair dessa situação colocando um sorriso no rosto pra mostrar que é forte e que está tudo bem, quando na verdade, sente que está tudo desmoronando sobre a sua cabeça e, tudo o que mais quer é um lugar de descanso, um abraço caloroso, uma palavra de esperança, um colo.

A minha alma era um deserto. Poderia um lugar infrutífero, hostil e desolado, florescer e ser chamado “ jardim bem regado” ? Mas, com Deus eu floresci. Quando eu ainda era um lugar abandonado, ele me chamou de jardim fechado. Eu só precisava acreditar na verdade que ele dizia sobre mim. Não no que as pessoas diziam. Não no que eu mesma pensava a meu respeito. Nos braços do Pai, o mau dia não define quem você é, tão pouco diz alguma coisa sobre seu futuro. Pare de se lamentar e fuja para o lugar certo: os braços do Pai. Só ele tem poder pra reconstruir o nosso ser em pedaços, só ele te ama e atrai para Si o mais rejeitado. Teu início não determina o seu fim. Deus é especialista em transformar almas desertas e corações devastados, em lugares habitáveis, frutíferos e, ainda, chamá-los: “Você é o meu jardim regado.”

beka

 

 

Ele sempre esteve aqui

iuh

Ao acordar pela manhã, eu o senti. Depois de lavar meu rosto e me olhar no espelho, eu o vi em meus olhos, em minha pele, em meu corpo, sim, por trás de todas as imperfeições, lá estava ele, quieto, só me olhando, cada passo, cada escolha, cada palavra dita por meus lábios, cada acerto e cada erro, talvez eu não mereça esse olhar. Na verdade, eu queria que em certas horas, Ele fechasse os olhos e são horas que eu o decepciono, horas em que firo seu coração, mas Ele, mesmo assim, insiste em não tirar os olhos e ouvidos de mim. Eu queria às vezes me esconder dEle, principalmente quando me entristeço comigo mesma, mas Ele ainda me olha, Ele não me deixa nenhum segundo sequer.

Quando saio, tranco a porta e sinto que Ele sai comigo também, eu nunca preciso me despedir dele e isso é tão bom porque eu odeio despedidas, nunca preciso chamar seu nome porque ele nunca está longe, não preciso lutar para ser aceita, não preciso lutar para está dentro dos padrões do mundo porque estou dentro dEle. Ele é perfeito então, todas minhas imperfeições desaparece, minhas ilusões do mundo se desfaz quando o vejo, minhas expectativas frustadas se renovam quando penso em seu nome, quando lembro de suas promessas, os medos se vão quando ouço suas palavras que encorajam. Ele entende os momentos turbulentos que passo, Ele me disse que compreende o porquê tantas vezes eu erro, meus motivos de insistir em algo que tanto quero, mas Ele me disse para esperar nEle e não o esquecer. Mas eu não sei esperar e talvez por ter aprendido a não confiar em ninguém, me esqueço de que Ele não é ninguém, me esqueço de que Ele é o Alguém em que devo confiar e é o seu olhar que me lembra isso, eu ainda o reconheço. Ao dormir, fecho os olhos e ainda o vejo.

jublog